Exalted Curitiba

Sessão de 08/20/2017

Em Porto Manosque - Escrito por Helena

Hera e Alana fazem as pazes. Alana errode intimacy de ferreira. Elas discutem questões de segurança de recanto dos botos. Sarena escuta conversa.

Branca, kazei, quilha e eco bebem demais (sobra de vinho casamento) e kazei é o unico que não fica bebado. Quilha, eco e alguns tripulantes fazem uma promessa juramentada de ajudar a cidade.

No outro dia o barco esta em porto Manosque. Quilha faz a burocracia da entrada, negocia com os estivadores, liderador por Daltas, as Estivadora e fica com a testa brilhando. Ele fica no barco e o resto do grupo vai para a cidade. No caminho reparam que parece haver uma distorção na percepção da distância pelos demais transeuntes. Se hospedam numa taverna.

Hera repara que eles não estão na cidade e é informada pelo pessoal do cais que eles saíram numa "aventura rápida". Como não voltaram rápido ela manda mensageiro para quilha. Quilha tem um pouco de dificuldade em responder mensageiro. Quilha encontra com os demais na cidade. Pede a Branca para mandar um mensageiro a Hera explicando a situação e perguntando se elas podem ir ajudar. Hera responde que será difícil chegar a tempo mas que vai ver o que pode fazer. Também bem lembra a eles que devem sair da cidade antes da calibraçao. Hera pede a Sarena que va encontra-los e ficar de olho. Sarena parte.

Quilha encontra O Velho Mendigo que informa q a ordem imaculada esta na cidade e interrogou parte das pessoas que acreditaram no desaparecimento da cidade. A ordem sugeriu que isso era um golpe e a cidade acatou. Mendigo tambem informa dos preparativos da calibraçao e fala com branca sobre a deusa da cidade e os guia ao templo. No templo Branca sonda mais sobre a deusa da cidade de Porto Manosque, Senhora Abaixo dos Dragões e suas predileções de oferendas. Paralelamente quilha suborna funcionários do porto para colocarem no barco cargas de outros navios.

No quarto da taverna branca faz uma oferenda a deusa da cidade que responde ao chamado e questiona se os solares são do sol ou do demônio e pede que jurem. Todos juram pelos dragões e pelo sol que são do sol. A deusa esta sob avaliação e não pode sair da cidade. Ela não notou nada incomum mas concorda em investigar.

Sarena acumula bens extraviados.

A ordem imaculada (5 monges) aparece na taverna e a party sai em fulga rumo ao porto. Sarena aparece e parte dos monges a perseguem. Sarena é afetada pela distorção do espaço mas monges não. Na praia branca tras sua tiedmer dentro da qual todos fogem. Um monge os perse na agua mas é abatido em batalha por branca e kazei. A tidemare tem a cauda cortada.

A monja chefe é atacada por uma figura estranha em outro barco. Mas a monja era um automato. Figura estranha desaparece.

Apos a batalha todos vão de ursos da nuvem para o barco do quilha. Parte da tripulação acha a figura estranha parecida com a líder dos estivadores. Monjes aparentemente fugiram de volta para cidade. Todos decidem dormir no barco e quilha pede que o carregamento seja feito logo.

Comments

pcontop pcontop

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.